gatinho

[Uma rima obsessiva] Leituras na Quarentena

Por: Michelle Henriques Poucos antes da quarentena eu estava trabalhando na editora com toda a ansiedade do mundo. Achava que quando estivesse em casa eu ia conseguir respirar, trabalhar direitinho e o mais importante, ler. Claro que nada disso aconteceu. As duas primeiras semanas em casa foram infernais. Eu já trabalhei seis anos em casa,…

814sJwqwj1L

[Trecho da semana] Afetos Ferozes, de Vivian Gornick

Difícil escolher um trecho desse Afetos Ferozes, de Vivian Gornick, porque o livro é repleto de cenas intensas e diálogos afiados.  O livro, eleito melhor livro de memórias dos últimos 50 anos pelo The New York Times, é o relato de uma complicada ligação entre mãe e filha que se passa a partir do final dos anos 1940 no…

gato20

[uma rima obsessiva] Gatos salvam a quarentena!

Por: Michelle Henriques Oi, gente Como vocês estão?  Por aqui está tudo meio confuso. É bem estranho para a vida toda e ficar dentro de casa. Há a expectativa, o medo e a esperança, e essa mistura de sentimentos deixou a minha rotina de leitura um pouco bagunçada. Estou lendo várias coisas, mas parece que…

labirinto

[Grifos] Como ler em meio ao turbilhão?

Aviso: esse post não traz respostas…. Como manter a normalidade quando parece que tudo está se deteriorando? A vida que tínhamos, os encontros com amigos, o trabalho e a faculdade… Tudo parece ter entrado em suspenso, ao mesmo tempo que continuam existindo. Mas de uma forma diferente. O meu normal era ter a vida cercada…

montagem menezes

[Coluna do Menezes] Retrospectiva Geek 2017

Com 2017 já um pouco distante, é hora de fazer promessas e olhar para trás para ver o saldo das experiências e do conhecimento adquirido.  JANEIRO O mês de janeiro que costuma ser menos visado em lançamentos emblemáticos, porém esse ano começou já agitado com o universo de Resident Evil se reinventando novamente com o…

O fim da ficção (e o começo do teatro)

(mais) Livrarias que amamos em Nova York

Por: Mariana Tomazelli Nova York abriga um crescente número de livrarias independentes, que têm conseguido se manter relevantes apesar da competição com as grandes redes e a Amazon. A tendência recentemente observada no mercado americano tem sido a vitória dos extremos: por um lado a Amazon cresce devido aos preços super competitivos que apresenta; por…

image

[meu país das maravilhas] Sobre promessas não cumpridas

Por: Isa Leite 2017 foi um ano difícil, muito difícil. e foi também, infelizmente, um ano de promessas não cumpridas. Durante o tempo ensaiei e comecei diversas resenhas, de livros que foram fundamentais pra mim, mas todas elas ficaram abandonadas em algum ponto. Por isso, pra começar 2018 exorcizando todos os demônios corretos, decidi abrir…

estante

[Coluna do Menezes] O prazer de colecionar

Houve tempos em que coleção era coisa dos extremos da vida: ou matéria de crianças com seus bonés, álbuns de figurinhas e bolinhas de gude; ou distração de aposentados atrás de relíquias como moedas antigas e, ápice dos ápices, selos, muitos selos. Mas isso foi há tempos longínquos. O hábito colecionista agora já é outro: atinge todas…