corpos2

[Trecho da semana] Corpos secos

No princípio era o caos e a urgência; vieram então as semanas do medo, mergulhando aos poucos num silêncio moribundo; reina agora a paz da cidade morta.” (pg. 7) Essa poderia ser a frase de um artigo analisando a pandemia. Mas é o início do romance Corpos secos, recém publicado pela Alfaguara. O livro tem um…

gatinho

[Uma rima obsessiva] Leituras na Quarentena

Por: Michelle Henriques Poucos antes da quarentena eu estava trabalhando na editora com toda a ansiedade do mundo. Achava que quando estivesse em casa eu ia conseguir respirar, trabalhar direitinho e o mais importante, ler. Claro que nada disso aconteceu. As duas primeiras semanas em casa foram infernais. Eu já trabalhei seis anos em casa,…

gato20

[uma rima obsessiva] Gatos salvam a quarentena!

Por: Michelle Henriques Oi, gente Como vocês estão?  Por aqui está tudo meio confuso. É bem estranho para a vida toda e ficar dentro de casa. Há a expectativa, o medo e a esperança, e essa mistura de sentimentos deixou a minha rotina de leitura um pouco bagunçada. Estou lendo várias coisas, mas parece que…

labirinto

[Grifos] Como ler em meio ao turbilhão?

Aviso: esse post não traz respostas…. Como manter a normalidade quando parece que tudo está se deteriorando? A vida que tínhamos, os encontros com amigos, o trabalho e a faculdade… Tudo parece ter entrado em suspenso, ao mesmo tempo que continuam existindo. Mas de uma forma diferente. O meu normal era ter a vida cercada…

capabordado

[Faltou uma vírgula] O Ócio Leitor

Por: Laís Pragana E então eu comecei a bordar. Fui apresentada pela primeira vez a um bastidor, à técnica de puxar fios da meada sem torcê-los num nó indesejado, aos diferentes e inúmeros pontos que podem ser usados, à satisfação que é fazer algo artístico com minhas próprias mãos. Tanto é que agora passo horas…