old-and-new-book1

[Grifos] Something old, something new

Something old… Revisitar um livro amado da adolescência é sempre uma coisa delicada. Ainda mais quando é um livro que, de certa forma, promoveu mudanças importantes em você. O que te ajudou no passado pode não ter mais importância no presente e é preciso tem capacidade de relativizar isso. Do contrário, o “eu atual” pode…

Empty bookshelf on the wall

[Biblioteca em movimento] Uma casa sem livros

Por: Eduardo Rodrigues Acredito que comprei meu primeiro livro aos 18 anos, nos dias de cursinho pré-vestibular. O professor de geopolítica indicou a coleção Biblioteca Folha de Clássicos da Literatura: e indicou com gosto as edições capa dura com sobrecapa colorida que traria a preços mais populares grandes pilares da literatura mundial, começando com o…

masoch

[uma rima obsessiva] Severin, Severin awaits you there

Por: Michelle Henriques Minha coluna aqui no Espanador virou sem querer um retrato das minhas obsessões. Estava lavando louça agora há pouco e pensando que há muito tempo não tenho uma obsessão forte. Mas já tive muitas, então resolvi resgatar uma das antigas e compartilhar com vocês. Shiny, shiny, shiny boots of leather Whiplash girlchild…

capabordado

[Faltou uma vírgula] O Ócio Leitor

Por: Laís Pragana E então eu comecei a bordar. Fui apresentada pela primeira vez a um bastidor, à técnica de puxar fios da meada sem torcê-los num nó indesejado, aos diferentes e inúmeros pontos que podem ser usados, à satisfação que é fazer algo artístico com minhas próprias mãos. Tanto é que agora passo horas…

bombante

[Grifos] Notas de uma pessimista sobre a Bienal

Quando me falaram que o primeiro sábado da Bienal do Livro de São Paulo estava relativamente vazio, achei que estavam exagerando. Talvez o parâmetro de “vazio” fosse em comparação com o caos do sábado da Bienal anterior. E num ato legitimamente kamikaze resolvi entrar no pavilhão no domingo para dar “uma olhadinha rápida”.  Cheguei às…

domdet

[Faltou uma vírgula] A Outra Tentação do Impossível

Por: Laís Pragana O fascínio pelos livros traz consigo, ao menos para mim, uma carga de frustração e três dedos de ansiedade no melhor estilo cowboy. Dos meus pensamentos diários e repetitivos, além dos clássicos “que saudade da minha cama…” e “mas como assim eu já estou com fome de novo?!”, me assola a ideia de que “eu…

amanda

Faça você mesmo: uma estante para chamar de sua

Por: Amanda Cordeiro (Esse texto foi pensado depois que a foto da minha estante fez sucesso no Instagram do blog. Muita gente ficou curiosa como eu a montei, então resolvi contar aqui.) Todo bibliófilo (essa é uma palavra bem bonita, né?) já passou ou vai passar por um dilema na vida: como vou guardar minha…