Faça você mesmo: uma estante para chamar de sua

Por: Amanda Cordeiro

(Esse texto foi pensado depois que a foto da minha estante fez sucesso no Instagram do blog. Muita gente ficou curiosa como eu a montei, então resolvi contar aqui.)

Todo bibliófilo (essa é uma palavra bem bonita, né?) já passou ou vai passar por um dilema na vida: como vou guardar minha “modesta” coleção de livros? O dilema fica maior e mais complicado quando você está desempregada e de mudança. Nessa situação, comprar aqueles tão sonhados livreiros fica fora de cogitação. E aí, como fica? Você vai deixar seus livrinhos empilhados pela casa afora? Não!

Eu vos trago a solução: faça sua própria estante! Imbua-se do espírito “faça você mesmo” e construa o móvel para acomodar seus livros.

Se você não tem ideia de como fazer, eu, que sou quase uma Marta Stewart afrodescendente, vou te explicar direitinho como fazer.

Primeiro passo: escolher as ferragens

Essa é a parte mais simples do processo. Se você quer apenas algumas prateleiras, pode usar mãos francesas, que vem em vários modelos e cores.

Mão francesa humilde X mão francesa fancy. Há muitas opções, como vocês podem ver

Mão francesa humilde X mão francesa fancy. Há muitas opções, como vocês podem ver

O importante é prestar atenção no tamanho delas: livros tem em media 16, 17 cm de largura. Então sua mão francesa deve ter no mínimo essa profundidade. Mas se você tem uma quantidade significativa de livros, usar mãos francesas fará de sua parede um queijo suíço. Neste caso, será melhor usar trilhos, que são aquelas ferragens usadas em lojas.

trilhos-prateleiras-04

Eles são vendidos em tamanhos que vão de 0,50m até 2m e em três cores: preto, branco e prata. Além disso, você vai precisar de mãos francesas que se encaixem nesses trilhos (como na imagem acima), parafusos e buchas para fixação dos trilhos na parede.

Bucha e parafuso

Bucha e parafuso

Eu calculei, para meus trilhos de 2m, quatro parafusos para cada trilho somando 12 parafusos e 12 buchas. Em geral gosto das buchas de “tamanho” 8, pois acho que garantem uma fixação boa e não faz buracos muito grandes nas paredes. Eu também prefiro buchas que tem uma espécie de “bordinha” o que também garante uma fixação extra.

Quantos trilhos e quantas mãos francesas você vai precisar dependem do tamanho e de quantas prateleiras serão necessárias para acomodar sua coleção. No meu caso, queria uma parede de livros e fiz oito prateleiras de 1,80m de comprimento. Nessa medida, eu precisei de três trilhos de 2m cada e, por consequência, três mãos francesas para cada prateleira. Comprei as ferragens brancas, porque a minha parede é branca e eu achei que “ornava” melhor. Escolhida as ferragens, hora para o segundo passo.

Segundo passo: escolher a madeira

Você pode usar pranchas de madeira de demolição, se quiser um visual mais rústico gastando praticamente nada (esse tipo de madeira pode ser encontrado em caçambas com restos de material de construção). Pode ir a uma madeireira/casa de material de construção perto da sua casa e comprar pranchas de pinus ou qualquer outra madeira que é usada em construção. Neste caso, preste atenção onde as pranchas são armazenadas. Às vezes elas ficam ao ar livre e podem estar úmidas. E você não vai querer madeira úmida perto dos seus livros, vai?

Existe também a possibilidade de comprar placas de madeira em lojas especializadas. Eu recomendo dois tipos: o MDF, que tem um acabamento mais lisinho e uniforme ele é vendido em placas de 2,75 x1,83, ou o OSB que tem um aspecto mais rústico e você encontra placas de 2,20 x 1,10 ou 2,44 x 1,22.

Da esquerda para a direita: MDF e OSB

Da esquerda para a direita: MDF e OSB

Os dois são “madeiras” feitas de fibras de madeiras de reflorestamento. A outra diferença entre o MDF e OSB é o preço: o MDF é em média uns 30% mais caro que o OSB.

É importante lembrar: tanto as placas de MDF e OSB, as pranchas de demolição ou de madeira para construção devem tem que ter, no mínimo, 15mm de espessura. Mas isso também pode variar, se você tiver prateleiras muito compridas, vai precisar de madeiras mais espessas. Se elas forem muito finas, a prateleira corre o risco de abaular com o peso dos livros. Prateleiras mais curtas podem ser mais finas.

Eu comprei uma placa de MDF na Madel (olha o merchan!!), aqui em São Paulo. A vantagem de comprar lá é que eles fazem o corte da placa.

Terceiro passo: montar suas prateleiras

Eu fiz assim: medi a parede e dei uma margem de uns 30cm de cada lado. Depois medi os espaços para fixar os trilhos. Dividi 1,80m (o tamanho das minhas prateleiras) da seguinte forma: 30cm (primeiro trilho), 60cm (segundo trilho), 60cm (terceiro trilho), sobrando mais 30cm.

Marcado na parede onde os trilhos vão ficar, é hora de marcar onde vão os parafusos de fixação. Usando o trilho como gabarito, eu sempre marco o primeiro e o ultimo “buraquinho” e tento marcar os outros dois pontos de uma forma em que eles fiquem a uma distâncias o mais iguais possível.

Depois de marcar os pontos de fixação de todos os trilhos, hora de furar os buracos. É importante fazer buracos de acordo com a bitola do seu parafuso/bucha. No meu caso eram parafusos de 8mm, então usei brocas de 8mm. Broca na furadeira, bora fazer os buraquinho! 

Buraquinhos feitos, com um martelo você encaixa as buchas. Aí é só parafusar os trilhos no lugar, encaixar as mãos francesas e colocar as prateleiras e voilá!!! Parede de livros pronta!

Eu levei umas duas horas entre medir, furar e instalar minhas prateleiras, mas era a minha primeira vez nesse processo, então fiz beeeeemmmmm devagar. Se você for uma pessoa mais experiente e/ou mais habilidosa, deve fazer esse processo todo mais rápido. A única certeza que eu tenho e que você levará no mínimo o triplo desse tempo para arrumar seus livros rs.

Depois de tudo arrumadinho, você pode fazer um chá e ficar admirando sua coleção de livros e se sentido f#$% por fazer um negocio tão legal! 

Tudo prontinho!

Tudo prontinho!

Um comentário em “Faça você mesmo: uma estante para chamar de sua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *