[Outras mídias] Oscar e livros

Aqui n’O Espanador ainda estamos contagiados com a premiação do Oscar do último domingo (e a vitória do Leonardo DiCaprio) e uma coisa chamou a nossa atenção: a quantidade de adaptações entre os indicados.

Sabemos que o universo do cinema e dos livros se complementam de uma forma quase que perfeita. E é normal recorrer a um livro pra levar alguma história ao cinema. Mas na premiação do Oscar deste ano, essa relação pareceu ainda mais próxima. Dos oito indicados a melhor filme, seis têm alguma relação com os livros (cinco adaptações + um roteiro original que tem como base as reportagens investigativas do jornal Boston Globe).

Por isso resolvemos fazer uma lista dos livros eque estiveram presentes em algumas das principais categorias da premiação dos Oscars 2016:

Carol

Publicado em 1952, Carol, romance de Patricia Highsmith (publicado no Brasil pela L&PM), foi muito controverso para a época. A jovem Therese, que trabalha numa loja de departamento, onde conhece Carol, uma elegante mulher que é recém-separada e mãe de uma garotinha. As duas acabam se envolvendo e o relacionamento acaba tendo consequências perigosas.

O romance foi adaptado pelo roteirista Phyllis Nagy (indicado ao Oscar de melhor roteiro adaptado) e dirigido por Todd Haynes. A personagem título é interpretada por Cate Blanchett (indicada a melhor atriz) e Therese é vivida por Rooney Mara (indicada a melhor atriz coadjuvante).

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=KTSuTrWTPlE]

Spotlight

O vencedor de melhor filme e melhor roteiro original tem uma história um pouco diferente. É baseado numa série de reportagens da equipe de repórteres do jornal Boston Globe chamada Spotlight e que se dedica a pesquisas e investigações mais longas. Essas reportagens foram depois reunidas em um livro de mesmo nome (que será publicado no Brasil pela editora Vestígio).

O filme conta a história que se passa em 2001, quando a equipe revela que a igreja católica acoberta uma série de abusos sexuais cometidos por padres.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=I7TYGRwZbE4]

A grande aposta

Este filme tem um tema mais delicado e complicado para se explicar. Ele conta a história dos bastidores de Wall Street que culminaram no colapso financeiro de 2008 gerado pela especulação imobiliária predatória. A história é contada pela perspectiva de operadores da bolsa que ganharam dinheiro com a quebra da bolsa.

Um tema de difícil compreensão para quem não está familiarizado com termos econômicos. O grande trunfo do filme é justamente tentar explicar isso de uma forma mais acessível. O roteiro foi adaptado do livro A jogada do século (do Michael Lewis, que saiu no Brasil pela editora Best Seller) por Adam McKay e Charles Randolph e o trabalho rendeu o prêmio de melhor roteiro adaptado.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=R0aKPegDWHY]

O regresso

O filme conta a história da Companhia de Peles Montanhas Rochosas, de caçadores. Em uma de suas missões, o principal caçador do grupo, Hugh Glass, é atacado por um urso e é abandonado pelos seus companheiros enquanto agoniza. Entre delírios, Hugh decide se vingar e percorre terras inexploradas e outros perigos selvagens. Baseada em fatos reais, também contada no livro O regresso (no Brasil, ele saiu pela Intrínseca), do Michael Punke.

Um dos campeões de indicações, 12 no total, venceu alguns dos principais prêmios como diretor para Iñárritu (pelo segundo ano seguido) e deu o tão sonhado Oscar de melhor ator para Leonardo DiCaprio. A internet foi à loucura! E também de melhor fotografia (Emmanuel Lubezki).

Uma curiosidade: O filme já havia sido adaptado para o cinema em 1973 e aqui no Brasil saiu com o nome Fúria Selvagem.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=S4PpYv9n0ko]

O quarto de Jack

Filme que rendeu à Brie Larson o Oscar de melhor atriz, O quarto de Jack é baseado no livro Quarto (que saiu no Brasil pela editora Verus), da Emma Donoghue, que adaptou o roteiro para o cinema.

Joy e seu filho Jack vivem num pequeno quarto. Lá fazem todas suas tarefas e jamais podem sair. São reféns do Velho Nick, que sequestrou Joy há muitos anos e ela tem Jack já vivendo neste quarto. A Juliana já falou um pouco mais sobre o livro aqui.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=IeM5qJp2v8Y]

Brooklyn

Brooklyn narra a história da jovem Ellis que vive em um pequeno vilarejo na Irlanda dos anos 1950 com a mãe e a irmã. Sua vida não parece ter muitas opções até que surge a oportunidade de viajar para os Estados Unidos e começar uma vida nova. Solitária em seu novo lar, ela ocupa o seu dia em uma rotina de trabalho e estudo. Ela conhece um jovem de origem italiana que aos poucos entra na sua vida. Só que o passado retorna justamente no momento que ela parece se sentir mais livre.

Baseado no romance escrito pelo irlândes Colm Tóibín, lançado em 2009 e publicado aqui pela Companhia das Letras, foi adaptado para o cinema pelo escritor Nick Hornby (que concorreu ao Oscar nesse ano pelo roteiro adaptado).

A grande estrela de Brooklyn é Saoirse Ronan, que interpreta a personagem principal Ellis e foi indicada como melhor atriz. Brooklyn teve três indicações (as duas já citadas), entre elas a de melhor filme.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=15syDwC000k]

Perdido em Marte

Mark Watney é um astronauta que é enviado a uma missão em Marte. Após uma tempestade terrível, ele é dado como morto pelos colegas que abandonam o planeta. Ele acorda sozinho, quase sem suprimentos e sem saber como reencontrar seus companheiros ou mesmo retornar à Terra.

Escrito pelo americano Andy Weir, o romance Perdido em Marte (publicado no Brasil pela editora arqueiro) foi muito bem recebido pela crítica e público pelo seu forte embasamento científico. (aqui um texto sobre erros e acertos científicos do filme e este também)

Perdido em Marte foi levado ao cinema pelas mãos do experiente Ridley Scott e teve sete indicações, entre elas a de roteiro adaptado (roteiro de Drew Goddard), melhor filme e melhor ator para Matt Damon.

O elenco do filme conta ainda com Jessica Chastain, Chiwetel Ejiofor, Jeff Daniels, Eddy Ko, Michael Peña, Kata Mara, Aksel Hennie, Sean Bean, Donald Glover, Kristen Wiig, Sebastian Stan e Mackenzie Davis.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=QVX5DSzRn14]
Trumbo

Dalton Trumbo foi roteirista de diversos clássicos do cinema como Spartacus, A princesa e o plebeu entre outros. Mas em 1950 durante o período da Guerra Fria e a caça aos comunistas liderada pelo senador Joseph McCarthy, ele se negou a ajudar o Comitê de Atividades Antiamericanas do congresso e acabou preso e proibido de trabalhar.

O filme foi levado aos cinemas por Jay Roach, com roteiro de John McNamara. Mais conhecido pelo seu papel em Breaking Bad, o ótimo Bryan Cranston foi indicado ao Oscar de melhor ator. No elenco também estão nomes como Diane Lane, Louis C.K., Michael Stuhlbarg, Helen Mirren, John Goodman.

A biografia de Trumbo, escrita por Bruce Cook a partir de entrevistas com diversos profissionais do cinema e o próprio Dalton Trumbo em 1973, foi publicado esse ano no Brasil pela editora Intrínseca.

Trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=_HnZq6ZiieM]

Um comentário em “[Outras mídias] Oscar e livros

  1. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *