[Drops] Pinóquio no país dos paradoxos

Pinóquio não é necessariamente um “conto de fadas” (em minha modesta opinião é mais uma fábula), mas se presta, como os contos de fadas, a releituras bem interessantes. Uma das mais recente é o livro de Alessio Palmeiro Aprosio, Pinóquio no Pais dos Paradoxos.
Nessa nova versão, Aprosio mantém todos os personagem que conhecemos, mas faz algumas alterações na história para poder incluir os paradoxos que são “explicados” pelo Grilo Falante no final de cada capítulo.
A ideia é bem interessante: utilizar uma história conhecida para explicar paradoxos filosóficos e matemáticos de forma bem simplificada e, acredito, consegue fazer isso com sucesso nos 19 capítulos do livro.

Para aqueles que já conhecem esses paradoxos (e entendem o propósito deles), essa deve ser um leitura bem divertida. Para aqueles que, como eu, desconhecia a maioria dos problemas propostos, demora um pouquinho para “achar graça” na história.
Acredito que o segredo para gostar deste livro é dar uma chance a ele. No início pode ser uma leitura um pouco “travada”, mas depois de alguns capítulos a forma como a historia do Pinóquio se
mistura com os paradoxos é tão instigante que a leitura flui muito naturalmente.
Matemáticos, filósofos e curiosos em geral tem nesse livro uma fonte de curiosidades e desafios intelectuais como poucos livros podem oferecer.

Absolutamente recomendável
Pinóquio no Pais dos Paradoxos – uma viagem pelos grandes problemas da lógica
Autor: Alessio Palmeiro Aprosio
Tradução: Isabella Marcatti
Editora Zahar, 2015 
152 pgs

Um comentário em “[Drops] Pinóquio no país dos paradoxos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *