Vida e obra de Terêncio Horto

André Dahmer talvez seja mais conhecido pelos seus personagens da série dos Malvados, principalmente pelo seu humor direto que muitas vezes chega a ser agressivo (num bom sentido, fique claro). Mas as tirinhas do poeta amargurado Terêncio Horto também merecem atenção. Os quadrinhos do Terêncio são publicados em alguns jornais diários e foram compilados em um livro, o Vida e obra de Terêncio Horto. Como toda coletânea, há pontos fortes e fracos, mas é inegável que o personagem rende boas risadas e algum desconforto. As tiras são basicamente compostas de uma imagem: o poeta em frente a uma máquina de escrever (há algumas variações, é claro). É como se Terêncio estivesse escrevendo suas memórias, sempre pontuadas de suas opiniões ferinas sobre algum assunto.

 

Ao contar sua vida e, em, façanhas, Terêncio não é nem um pouco condescendente. Abusa da ironia e do cinismo para falar de sua família, principalmente dos pais, e dos problemas que enfrentou no passado. Dahmer criou um personagem cheio de complexos e angústias e as usa o tempo todo. Difícil não encontrar alguma das nossas paranoias ironizadas nas tirinhas.
 

Há também aquelas tirinhas que causam um certo desconforto, em que acredito que o autor foi um pouco além da piada. Principalmente quando trata sobre mulheres e relacionamentos. Algumas sobre esses assuntos são muito boas, outras passam (na minha opinião) um pouco do limite… André Dahmer ganhou fama com a publicação de tirinhas na internet e a rede é tema recorrente de suas tiras. Terêncio não poupa críticas à vida virtual, com ênfase nas redes sociais, e como as pessoas costumam levar isso tudo muito a sério.

 
Ao olhar rapidamente a obra de André Dahmer, tenho a impressão que Terêncio Horto é o seu personagem mais versátil. Ele aborda todo tipo de tema, do mais prosaico, aos mais existencial. Inclusive, um tema bastante abordado é o choque de gerações.
 

 

O livro como um todo diverte e tem ótimos momentos. Em outros, como dito acima, causa um certo desconforto. Vale a leitura.

Vida e obra de Terêncio Horto

Texto e ilustração: André Dahmer

Companhia das Letras 256 pgs

Mais informações aqui

2 comentários em “Vida e obra de Terêncio Horto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *