[Colaboradora] Playlist Literária parte 2

Por: Michelle Henriques

Se você perdeu a primeira parte, corre pra esse link!

Neste sábado eu estava com um amigo fuçando os sebos atrás de vinis. Por acaso ele encontrou um que tinha músicas baseadas em Edgar Allan Poe. Eu não tinha a mínima ideia do que se tratava, mas como estava baratíssimo, resolvi trazer. O disco em questão era do The Alan Parsons Project, Tales of Mystery and Imagination. Descobri que eles lançaram vários discos, com diversas temáticas.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=YAE1XTvKLXA]


Música e poesia sempre andaram de mãos juntas, ainda mais quando falamos dos portugueses. A banda A Naifa é famosa por musicar diversas poesias, entre elas “Por que me traíste tanto” da Adília Lopes.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=-rS6PhIV5Rs]

Já a banda Linda Martini escreveu uma música chamada “Amor Combate”, baseada em poema de mesmo nome de Joaquim Pessoa.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=rlY_-ugn7TM]

O brasileiro Fagner também musicou “Fanatismo” da poetisa portuguesa Florbela Espanca.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=lyY2t27jRUM]

E para fechar essa lista, minha cantora preferida: Chelsea Wolfe. Em diversas entrevistas ela disse que seu disco Apokalypsis foi baseado em A Revolta de Atlas, de Ayn Rand. Polêmicas a parte, seu novo disco Pain is Beauty também segue cheio de referências literárias. Em entrevista para a Pitchfork, ela disse que a música “Feral Love” foi baseada em um trecho de Filhos e Amantes, do D.H. Lawrence.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=HSHfFZF_k4A]

Nesse mesmo disco também temos “The Warden”, em que ela nos dá um final diferente para 1984, de George Orwell. Mas David Bowie já tinha gravado uma música baseada nesse livro. A mesma se encontra no excelente disco Diamond Dogs, lançado em 1974.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=KByxC7B9WH0]
Michelle Henriques, 26 anos, louca dos gatos e dos livros. Vive em São Paulo e reclama todos os dias dos preços nos cinemas. Vive de obsessões, a atual é David Foster Wallace. Escreve no blog …in a handful of dust.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *