Vampiros e outros seres sobrenaturais


Vampiros nunca saem de moda. Como seres imortais que são, resistiram às mais cruéis das campanhas difamatórias realizadas por meio de livros e depois por filmes que os retravam pálidos, brilhantes como saquinhos de glitter e sem um pingo de sexualidade. Mas eles resistiram a esse ataque implacável e retornam em historias sexies e violentas, como todas as histórias de vampiros devem ser. Essa semana escolhi três livros que por um lado honram de formas diferentes a tradição de “vampiros para mulherzinhas” por outro nos apresentam outros seres imortalmente sexies.

Eu começo com Twice Tempted, o segundo livro da série “Night Prince” escrita por Jeaniene Frost. No final de Once Burned (que eu já falei aqui) a mocinha da história, Leila, havia perdido seus poderes psíquicos e parecia que seu romance com Vlad estava chegando ao fim. No inicio de Twice teempted, segundo romance da série, Vlad propõe que ela fique com ele, mas ainda como uma “acompanhante”, mas para Leila isso não é suficiente. Ela quer a certeza do amor de Vlad e se ele não pode lhe oferecer isso, ela prefere ficar sem nada e volta para os EUA.

Assim que ela chega aos EUA, o acampamento onde ela irá morar explode no que aparentemente foi um acidente na rede de gás da cidade. Ela tem certeza que na verdade o “acidente” foi uma vingança de Vlad.  Mas… Será que o ressentimento que ele sente o levaria a assassinar sua ex-amante? A única certeza que Leila tem é que precisa fugir o mais rápido que possível e que não pode confiar em ninguém. Como no primeiro livro, esse tem quantidades razoáveis e ação e violência (já que esse é um vampiro jurubeba macho!). Tem romance também, mas bem menos sexo que o primeiro, então talvez as moças mais assanhadas fiquem um pouco decepcionadas. Mas é um bom livro e vale o investimento.

Na sequência, temos uma nova “variedade” de vampiros: os Vangels. Eles são uma mistura de viking, vampiros e anjos (como resistir a um livro que tenha como personagem principal criatura tão intrigante??).

Os Vangels, liderados pelo Arcanjo Miguel (Mike, para os íntimos), estão na terra para livrar o maior numero possível de almas das garras de satanás e suas versões de vampiros-demônios. Essa séria conhecida por “Deadly Angels” é escrita por Sandra Hill e já tem 3 livros lançados: Kiss of Pride, Kiss of Temptation e Kiss of Surrender. Eu li os dois últimos e são bons, sendo que Kiss of Temptation é o mais divertido deles.

Em Kiss of Surrender Trond Sigurdsson, vangel, alto loiro e bonitão, se infiltra num batalhão do SEALS que está sendo atacado por vampiros demônios. Entre salvar soldados da danação eterna e ajudar na organização de um ataque a um líder da Al Qaeda, ele ainda tem tempo de cair em tentação e se “envolver biblicamente” com a Seal Nicole Tasso. Depois de ler esse livro fiquei me perguntando se as pessoas que saem em missão de guerra conseguem tanto tempo de sobra para “conhecer” outras pessoas.

Já em Kiss of Temptation, Ivak Sigurdsson, também vangel, também viking, alto, forte e bonitão, é uma espécie de capelão de um presídio em Nova Orleans. Lá ele conhece Gabriele Sonnier, advogada que há anos tenta livrar o irmão da cadeia. É claro que Trod e Gabriele vão se “conhecer” e, é esse processo que rende situações bem divertidas. Mas quem realmente rouba a cena é Tante Lulu, simpática velhinha cajun que fala um inglês engraçado e serve de cupido para o casalzinho principal. Esse é, até agora o melhor livro da série.

Por último conheceremos Adrian Michel, que na verdade não é um vampiro, é um Serafim e líder de um grupo de elite celestial que esta na terra travando uma guerra contra vampiros no primeiro livro da série “Renegade Angels”, Um Toque de Vermelho. Os serafins, todos bonitões, contam com a “ajuda” de lobisomens bonitões conhecidos, no livro, como licanos.

Adrian está numa missão: descobrir quem organizou o ataque que matou seu amigo. Ele suspeita que os vampiros sejam responsáveis pelo ataque. Além disso, um rumor de que os lobisomens, que há séculos são controlados e usados como ajudantes pelos serafins, estão tramando um levante para se libertarem desse julgo e torna os problemas de Adrian ainda maiores. No meio disso tudo ele acaba encontrando a reencarnação de Shadoe, a mulher que ele ama há mais de dois mil anos. O problema é que Shadoe é filha do vampiro contra quem Adrian luta há milênios.

Esse é um livro de Sylvia Day da trilogia “Crossfire”, que eu achei um porre de chata. Mas depois de ler o primeiro capitulo de Um Toque de Vermelho, achei que deveria dar mais uma chance para a moça. O livro realmente começa muito bem, dá uma patinada nos capítulos seguintes, mas do meio para o fim é para ler num folego só. Nesse, Sylvia Day acerta o tom entre a aventura, a intriga e o romance. As cenas de sexo, que na trilogia “Crossfire” beiravam o pornô digno dos filminhos “brazzers” aqui tem um tom mais feminino. Ainda é bastante descritivo, mas é mais, digamos, romântico. Esse livro me surpreendeu positivamente e eu estou muito curiosa para ler o próximo da série. Contra todas as minhas expectativas eu recomendo muito.
Twice Tempted
Autora: Jeaniene Frost
Avon Books, 2013
374 pp.
Kiss of Surrender
Autora: Sandra Hill
Avon Books,2012
376 pp.
Kiss of Temptation
Autora: Sandra Hill
Avon  Books, 2013
378 pp.
Um toque de Vermelho
Autora: Sylvia Day
Paralela, 2013
304 pp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *